Music Costumes

Music Costumes

HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56
HC-56

Music Costumes

Imagine um movimento que começa nos porões undergrounds, chega ao mainstream e toma grandes proporções após ser incorporado pela indústria. Essa frase poderia se referir à música, mas o nome disso é moda.

Cada um de nós se identifica no mundo pelas roupas que usamos e pelas músicas que ouvimos. Grupos sociais são formados pela sua maneira de ver o mundo e pelos artistas nos quais se inspiram. Se a música é entendida como a voz do tempo, a moda é a sua cara.

A relação entre essas linguagens ficou registrada na história. Nos anos 20 o som dançante do jazz pedia vestidos curtos e com franjas. O rock and roll da década de 50 vem acompanhado de topete, costeletas e jaquetas de couro. O espírito de contestação do movimento hippie era facilmente identificado pelas camisas florais e as calças boca-de-sino usadas pelo público dos festivais de música.

Foi inspirado pelo casamento entre moda e música que o artista mineiro Fred Birchal criou a sua última série de posters com figurinos de grandes músicos. A coleção foi chamada de “Music Costumes” e conta com 35 ilustrações digitais representando artistas que vão desde Bob Dylan até Beyoncé.

O trabalho de Fred impressiona pela precisão e pela riqueza de detalhes. Cada ilustração foi criada minuciosamente pelo artista que demonstra a construção de um verdadeiro universo. A fidelidade dos detalhes está presente nos acessórios de Janis Joplin, na guitarra de Prince e no desenho de cada rebite presente no figurino do Kiss.

Sem dúvida moda e música se complementam e se influenciam em um relacionamento saudável, mas nada convencional. Sem ciúmes ou apego, música e moda também se relacionam com a arte.

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!